Atenção, o seu browser está desactualizado.
Para ter uma boa experiência de navegação recomendamos que utilize uma versão actualizada do Chrome, Firefox, Safari, Opera ou Internet Explorer.

Corticeira Amorim vence Best Raw Materials Sustainability - Europe 2020

1/9/2020

Prémio atribuído pela Capital Finance International destaca a atitude pioneira da empresa em termos de desenvolvimento sustentável.

A Corticeira Amorim, líder mundial do setor corticeiro, é a grande vencedora da categoria “Best Raw Materials Sustainability – Europe 2020” dos prémios da Capital Finance International (CFI..co). A conceituada revista inglesa destaca a atitude pioneira da empresa em termos de desenvolvimento sustentável, sublinhando o empenho na conservação das florestas de sobreiros. Paralelamente, realça a força motriz da Corticeira Amorim para a inovação interna e externa, ajudando a encontrar novos usos, utilizações e mercados para a cortiça.

A dedicação às melhores práticas ambientais, sociais e de governance (ESG), isto enquanto mantém uma forte rentabilidade, foram outros dos atributos valorizados pelo júri. Aliás, a CFI.co evidencia a diversidade de aplicações da cortiça desde a rolha, passando pela arquitetura, e indo até às viagens espaciais. O painel de jurados lembra ainda que a cortiça é totalmente natural, é sempre reutilizável, e é extraída ciclicamente sem causar quaisquer danos às árvores. De resto, a revista inglesa sobreleva o importante papel do sobreiro, e do ecossistema que o envolve, na regulação do clima. Distinguindo um número de superlativa relevância para a indústria corticeira: por cada tonelada de cortiça produzida, o montado pode sequestrar até 73 toneladas de CO2.

O Presidente e CEO da Corticeira Amorim, António Rios de Amorim, afirma que “é um enorme orgulho receber o reconhecimento internacional do compromisso estratégico assumido de forma integral pela Corticeira Amorim no âmbito do Desenvolvimento Sustentável. Especialmente, no que concerne à defesa do montado de sobro e da cortiça. Trabalhamos uma matéria-prima única, e acreditamos que responde aos desafios da sociedade atual, beneficiando as pessoas, o planeta e o crescimento sustentado das organizações.”

A Corticeira Amorim, o maior grupo de transformação de cortiça do mundo que labora ininterruptamente desde 1870, assume a sua liderança mundial indo muito para além da otimização dos seus processos e da redução dos impactos ambientais das suas operações. Liderando uma indústria naturalmente sustentável, promove, valoriza e viabiliza as florestas de sobro que são importantes sumidouros naturais de CO2, fomentam uma biodiversidade de relevância, protegem contra a erosão dos solos, regulam o ciclo hidrológico e constituem-se como barreiras contra incêndios. Depois, é a extração cíclica da cortiça que mantém a vitalidade dos montados e que promove o desenvolvimento económico, ambiental e social que lhe está associado, permitindo que dezenas de milhares de pessoas continuem a viver e a trabalhar em zonas áridas e semiáridas.