Atenção, o seu browser está desactualizado.
Para ter uma boa experiência de navegação recomendamos que utilize uma versão actualizada do Chrome, Firefox, Safari, Opera ou Internet Explorer.

Estrutura e Práticas do Governo Societário

O aperfeiçoamento dos mecanismos de tutela dos interesses dos investidores nos mercados de valores mobiliários tem levado a Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) a fomentar reflexões profundas sobre o tema, em processos de consulta pública alargadas e, em geral muito participadas por todos os agentes do mercado.

A Corticeira Amorim acolheu as recomendações iniciais emitidas pela CMVM, bem como as reflexões posteriores e consequentes alterações do quadro regulamentar aplicável, como um contributo oportuno e pertinente cuja observância favorece todas as entidades, particulares ou coletivas, cujos interesses estão envolvidos na atividade societária, tendo vindo a analisar criticamente o seu posicionamento em matéria de governo da sociedade à luz destas recomendações, ponderando as vantagens efetivas da sua integral implementação e a realidade em que opera.

Anualmente, a Corticeira Amorim analisa e reporta a Estrutura e Práticas de Governo Societário adotadas, fornecendo ainda uma avaliação qualitativa das mesmas por comparação com as boas práticas elencadas no Código do Governo Societário de referência (até 2017, o Código da CMVM; a partir de 2018, o Código do Instituto Português de Corporate Governance), submetendo tal reporte aos seus Acionistas e disponibilizando-o a todos os interessados.

ÚLTIMAS DIVULGAÇÕES

Vendas aumentam 9% para 763 milhões de euros

2019-04-12
  • EBITDA das Rolhas e Matérias-Primas sobe 9%
  • Resultado Líquido aumenta 6%, superando os 77 milhões de euros
  • Aumento de resulados em ano de impacto desfavorável das maérias-primas e câmbio
  • Proposta de distribuição de um dividendo bruto de 0,185 € por ação 

 

 

Contas Consolidadas

Contas Individuais